quarta-feira, 21 de junho de 2017

Solar: História de Origem [HQs]


Um das minhas paixões literárias mais brilhantes é a tal da História em Quadrinhos, desde criança tenho vontade de ter uma coleção gigante de HQs, mas preciso confessar: nos meus sonhos a coleção era feita de mangás. Só nos últimos anos comecei a olhar com afeto para o formato ocidental e passei a colecionar Graphics Novel, Marvel, DC e os autores nacionais.

Nesse contexto, minha vida com HQs tem sido uma aventura, um processo de descoberta no qual "Solar: História de Origem" ganhou um lugar especial e aconchegante. Nele somos apresentados a um super heróis brasileiro com direito a super poderes dialogando diretamente com os universos Marvel e DC, porém sem ligações diretas com ele.

Gabriel, protagonista da trama, filho de uma antropóloga com um xamã de uma das muitas tribos sobreviventes da Amazônia, um belo dia ele se ver visitando um sitio arqueológico e tem sua atenção cativada por algumas das pinturas rupestres. Com a força de um imã a pintura o convida ao toque, ele não resiste e tem um momento único, um tipo de despertar, algo que atordoa, queima e liberta algo dentro dele. Após esse momento entre as pinturas rupestres a aventura de Gabriel começa.

Claro, como um bom primeiro volume, a história precisa ser apresentada, o herói precisa descobrir seus poderes, encontrar um assistente, salvar pessoas e ter alguma revelação sobre seu passado. Tudo isso acontecer em "Solar: História de Origem" e deixa o leitor extremamente entusiasmado com a leitura. Wellington Srbek, Abel Vasconcelos e Cleber Campos tiveram o cuidado de retratar na arte a diversidade étnica do povo brasileiro, das cidades brasileiras e seus problemas de urbanidade.

 Foi uma delícia descobrir esse herói brasileiro! Recomendo muito!

12 comentários:

  1. Que legal e fizeste uma bela resenha.Deixou em nós vontade! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Gente, adorei esse herói filho de uma antropóloga e um xamã. Com certeza vou dar uma conferida.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Três Anos do blog A Colecionadora de Histórias

    ResponderExcluir
  3. Oi
    fiquei conhecendo ele esses tempos por conta das noticias de escalação do autor e é legal saber que tem um super herói brasileiro, nunca li um hq e agora fiquei curiosa para conferir essa história.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá, Pandora.
    Eu não sou fã de HQs como você. Eu gostava de ler gibis, mas foi só hehe. Mas achei bem interessante essa ser de um herói nacional. E a forma como ele é "despertado" é muito legal.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi Pandora, sua linda, tudo bem?
    Eu gostei muito da forma como ele despertou para seus poderes, achei super criativo e dentro do contexto das lendas brasileiras. Com certeza vou querer conferir. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Pandora! Eu cresci lendo histórias em quadrinhos de depois, quando migrei para os livros, acabei deixando de lado. Ano passado descobri os mangás e acabei retornando para este universo e sempre quero dicas. Adorei a sua e já vou adicionar na minha lista.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Pandora, tb sou fã de mangás e se vamos falar de HQs, nada como o clássico Turma da Mônica que acompanhou minha infância. Sobre Marvel, DC, eu acompanho mais agora por causa do meu marido. Não conhecia o “Solar: História de Origem”. Gostei principalmente da trama e por ser nacional. Precisamos prestigiar mais os nossos talentos!

    Beijos
    Vivian San Juan
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  8. Oi
    agora que estou vendo falarem mais desse herói, e estou curiosa para conhecer um pouco mais dele.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi! Que bacana ser nacional e retratar a cultura do país. Eu nunca li nada em quadrinhos e achei bem interesse a história. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
  10. Oi Pandora!
    Não conhecia esse livro (aqui em casa o viciado em HQs é o meu marido), mas já gostei da ideia de termos um super herói brasileiro.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  11. Oiii, Pandora. Tudo bem?
    Eu ainda não conhecia essa HQ, mas gostei de conhecer. Parece ser o tipo de história que eu gostaria de ler :) Quem sabe um dia eu tenha a oportunidade.
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir