quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Pequenos Registros...


Hoje fiquei com vontade de fazer pequenos registros do que se passou por esses dias... Coisas simples como o último livro que li no ônibus, chama-se "11 noites insones" escrito pelo Christian V. Louis. Foi interessante ler o livro enquanto eu viajava porque tive a impressão que os personagens do livro viveram algo semelhante a uma viagem de 11 dias. Pensando na história do livro lembrei das viagens que fiz durante minha graduação.

Quando eu viajava com um grupo de alunos do curso, cada dia costumava virar um ano. Muita coisa ocorria a cada hora, as relações se desenvolviam de forma potencializada, talvez pelo isolamento da família, por está em terreno desconhecido ou pela intensidade de todos os sentimentos na pós-adolescência.

É incrível com na manhã do segundo dia você já sente que conhece todo mundo, na do quarto já brigou com alguém, na do quinto já se entendeu, no do oitavo passou a amar alguém que você desconhecia totalmente até a manhã do sétimo dia e no décimo primeiro dia tudo acaba, você sente que algo ficou por fazer/dizer e tem a impressão de ter descoberto algo que pode mudar a sua vida.

Ah, em um momento da trama, o personagem principal é comparado a Samara, personagem de um dos poucos filmes de terror que assistir na vida: "O chamado". Eu descobrir lendo o "11 noites" que "O Chamado" é uma adaptação americana de um filme japonês é uma copia da Sadako. Navegando pela net acabei vendo coisas engraçadas produzidas a partir dessas histórias de terror, como essa imagem ai do lado que peguei aqui.

Sobre o destino da minha pequena viagem eu gostaria muito de contar como "Fui a Garanhuns, não fiz nada do que queria fazer, mas ganhei uma coca-cola grátis". Infelizmente minha amiga pediu para que essa história não fosse além dos limites da vida concreta. Eu posso até contar o "causo" para quem eu quiser, mas não posso escrever no blog! É, eu fui censurada shuashuas...

Posso, no entanto, dizer que, antes da viagem, eu comemorei junto com a Aleska e um monte de pessoas legais o terceiro aniversário do Diários de Bordo com uma mega-blogagem coletiva. A Aleska fez um post com os melhores momentos com a ajuda de alguns amigos e a parte o grande ciumes que sinto de ver ela sendo ajudada por tanta gente. Também me sinto feliz, gosto muito de ver a Aleska tornando as ideias dela possíveis, o mundo é um lugar melhor quando pessoas como ela conseguem agir.

Quando cheguei em casa na segunda-feira encontrei a vida meio fora do lugar. Voinho que já não estava bem, teve uma pequena piora... Meu pai viajou para São Paulo novamente, Rafaela está meio louca com a universidade, mas meu irmão mais novo disse que trouxe o filme "Adeus minha concubina" e não perguntou se eu queria assistir com ele, mas esperou um momento no qual estávamos eu e ele na sala para colocar no DVD e dar inicio a sessão de cinema.

Pensei em falar desse filme hoje, mas acho melhor registrar a curiosa constatação de que meu irmão poderia ter visto o filme sozinho e não o fez. Será que ele ficou esperando para ver comigo? Eu não sei... Pode ser que sim, pode ser que não...

Aos 26 anos, sinto que não demorará muito para que cada um de nós três tome um rumo diferente na vida e deixe de compartilhar o mesmo teto, então aproveito esses momentos de cumplicidade intelectual com meu irmão e gosto muito...

Me pergunto quantos filmes mais vamos ver assim, comentando cena a cena, falando da historiografia do tema, do momento histórico no qual o filme foi produzido, do impacto daquela produção em nossas vidas e até que ponto o filme conseguiu ser fiel ao que é consenso em relação a época que retrata ou na possibilidade de eu ler o livro, porque Júnior realmente não gosta muito de ler.

Ah, falando de irmãos, registro que dos prazeres que descobrir a partir do momento que comecei a ter contato com as pessoas através da virtualidade foi o de ter algo como um irmão mais velho e ser algo como uma irmã mais jovem de alguém... Todo mundo tem que ter um irmão ou irmã mais velh@ para chamar de seu.

E por fim... Estou tentando me organizar para dar um pulo na loja de eletrônico mais próxima, preciso de um fone de ouvido para usar em uma coisa chamada Skype e talvez concretizar um novo projeto virtual...

24 comentários:

  1. Skipe é muito bom ouvir a voz dos amigos virtuais é emocionante, preciso ler mesmo o livro do Chris vou me ajustar para isso, gostei do post, alias sua forma de escrever me agrada.

    ResponderExcluir
  2. De tudo é muito bom ter irmão!
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  3. Uma coisa leva á outra.Histórias lidas, vistas, vividas, comparadas.Histórias sob o mesmo teto, sob o mesmo tempo, sob o mesmo amor.
    Eu gostaria de ter tido irmãos/irmãs.Como a vida não me deu, faço como vc, adoto-os ao vivo e virtualmente.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  4. Olá Pandora! :)

    Tudo bem?

    É sempre agradável receber-te no meu cantinho. :) Também quero muito ler o livro do nosso amigo Christian, estou ansiando que o livro saia aqui em Portugal e quando o comprar, é muito provável que o leia em menos de 24h insones. rsrsrs

    É muito bom ter irmãos, também tenho dois: uma irmã mais velha e um mais novo. Sou muito próximo do mais novo, nós vimos muitos filmes juntos quando ele era criança e adolescente. Agora, ele é adulto e já não vemos muitos filmes juntos. No entanto, seguimos as sugestões um do outro e depois falamos sobre isso. :)

    Um beijinho,

    Cris Henriques

    ResponderExcluir
  5. Pan, acabei de perder um irmão. Embora fosse 1 dos 10 que tenho, ele era único, cada um é um. E olha que convivi muito com ele, mas ainda assim é uma dor essa partida. Adorei saber de você, do seu tempo, das suas considerações, com sua visão tão particular. Ler é muito bom, conhecer pessoas, assistir filmes, trocar ideias. Enfim, viver plenamente. Curta muito sua vida, cada época é a melhor época de nossas vidas. rsrs
    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Sinto muita falta do meu irmãozinho que tem a idade do seu. A gente se dá muito bem, conversa sobre tudo. Adoro discutir 'As Crônicas de Gelo e de Fogo' com ele rs. Ele mora em Manaus e eu no Rio, batemos papo frequentemente pela internet, mas não é a mesma coisa. =/
    Beijo. Nadia

    ResponderExcluir
  7. Ah, eu e meus irmãos somos uma trinca boa - que, claro, briga e se xinga de vez em quando - também penso no momento em que cada um irá pro seu lado. Vai ser difícil.

    Mas esses pequenos momentos sempre fazem falta depois que não temos mais acesso a eles, e fica só aquele sentimento no peito. É da vida, eu acho.

    Bom a gente fica esperando o novo projeto.

    E sobre a Sadako, no mangá "Kimi ni todoke" uma das personagens, que tem a aparência estranha e se chama Sawako é constantemente assediada e chamada de Sadako. Muito bom o mangá, é shoujo.

    ResponderExcluir
  8. Fone e microfone, eu quero ouvir a sua voz!!! rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  9. Há pouco tempo descobri no What's on que a maioria dos filmes americanos de terror são remakes de filmes de terror japoneses. Valew pela divulgação e vê se não morre de ciúme hein? rss (intriga da oposição)

    ResponderExcluir
  10. Pandora minha linda... concordo plenamente com minha amiga Patrícia..
    Sua forma de escrever é maravilhosa..
    Eu começo e não consigo parar até chegar ao fim... rsrs
    Menina quero muito ler o livro do Christian.. mas vou ver como faço pra comprar e ele vir autografado claro né? rsr
    Sou super fã do Chris..

    Adorei o modo como falou do seu irmão... esse carinho entre irmãos é muito lindo.. às vezes deixam de falar algo um para o outro mas em atitudes sempre demonstram o quanto são especiais um para o outro..

    Encontramos mesmo nesse mundo virtual pessoas que acabam fazendo parte da nossa vida né? Se tornam especiais e ficam no coração..
    Eu tenho feito amizades maravilhosas.. Tenho encontrado pessoas lindas com pensamentos que muito me agradam e uma forma de pensar que eu admiro por demais..
    Você é uma dessas pessoas..
    É o trio que eu adoro.. "Pandora.. Aleska e Christian" rs

    Um beijo e uma noite especial pra você viu?

    Sheila

    ResponderExcluir
  11. Nossa, o Christian ja tem um livro? uau! e ele é tao novinho, nao?
    pandora, vc escreve mt gostoso, sem incomodar, parece estar conversando com a gente. Gosto disso :-)
    e sim, a viagem, vc explicou direitinho como funciona :-)

    ResponderExcluir
  12. A vida já é uma viagem e, quantas viagens fazemos dentro dessa vida? Quantos caminhos utilizamos para concretizar o nosso percurso? Um ônibus, um livro, um filme, uma interação entre amigos... e a próxima viagem será através do skype! :) Beijus,

    ResponderExcluir
  13. Oi Pandora
    Obrigada por suas visitas tão carinhosas no Histórias, achei muito legal seu post, bem espontâneo, eu também escrevo assim, é que agora estou meio na "moda" da blogagem coletiva kkkkk. Adorei mesmo, não sei se estou te seguindo, se não estiver, já vou ser mais uma. Ah, com relação a visitas e seguir, penso igual a vc, também acho que deve ser por prazer e não por obrigação, se daí sair uma bela amizade como eu e vc temos com o Chris, e tenho com outros blogueiros, com certeza vc também tem, é bem legal, mas tem que ser natural, se rolar entre nós eu vou gostar, porque vc é uma moça bem legal e inteligente.
    Bjão. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  14. Fui mostrar o meu poema preferido para minha mãe e acabei achando uma frase do Shakespeare que combina com o texto:" Aprendi também que diplomas na parede não me fazem mais respeitável ou mais sábio." Willian Shakespeare.

    ResponderExcluir
  15. Eu gostaria de ter esse contato com meu irmão, mas ele nem quer ser meu amigo no facebook. Imagina na vida real.

    Paciência né, enquanto isso faço amigos de irmãos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Irmão/ irmã@... esta virtualidade que pulsa, que tem calor, sentimentos é tão boa!
    beijo

    ResponderExcluir
  17. Opa, o livro do Christian deve ser muito legal. :) É verdade, Jaci, às vezes temos momentos em curto espaço de tempo que mais pareceram uma eternidade.
    Olha, certa vez me disseram que se eu tenho medo de assistir filmes de terror americano, me cagaria se assistisse os japoneses. São muito pesados e aterrorizantes.
    Espero que seu projeto via skype dê certo.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  18. olha aí, (é a Suzi,como sabe) você compartilhando momentos seus.
    1. Também quero comprar um fone pra me comunicar com amigos.
    2. Ter um irmão mais velho pode ser legal.
    3. Assistir filmes acompanhado é sempre melhor (por isso do seu irmão querer ver com você).
    Emilie Escreve~ | Fanpage | @blogabs

    ResponderExcluir
  19. Oi flor!

    Amei seu blog. Lindos textos que emocionam e faz refletir.

    Beijos

    Selma

    Já estou seguindo!

    ResponderExcluir
  20. Saudades de conversar com você, Jaci. Abraços!!

    ResponderExcluir
  21. Gostei mesmo do seu blog, Pandora!
    Abraços desde Argentina.
    HD

    ResponderExcluir
  22. Estou muito curiosa para ler o livro do Christian.

    Pandora eu fico emocionada quando contas sobre teu irmão e no quanto vocês se dão bem em vários momentos. Tenho uma relação muito próxima com meus irmãos apesar de morar longe deles.

    Por falar em Skype tenho pensado em mostrar minha voz no blog. Não gosto de mostrar imagem, mas voz não me importo de mostrar.

    Beijos, minha linda. Minha filha também tem 26 anos, mas não sou velha, tá. (risos)

    ResponderExcluir
  23. Os registros fluíram bem espontaneamente, ficou agradável de ler.
    Realmente, também acredito que a vida seja assim, sempre tomamos rumos diferentes, mas, pra quem teve sempre rumos diferentes, acaba não se apegando tão fácil a certas coisas, certos momentos... É um pouco estranho para os que não estão dentro deste parâmetro, mas é como funciona.

    ResponderExcluir