segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

O dia em que "Um sonho de mil gatos" virou realidade!

"Sandman: Um sonho de mil gatos" é uma das histórias contadas pelo escritor inglês Neil Gaimam em uma das séries mais merecidamente celebradas no mundo dos quadrinhos, o The Sandman, mas especificamente o número 18, de Agosto de 1990.

Bem, na época em que essa revista foi publicada eu tinha 4 aninhos, era uma crionça tagarela as voltas com o desafio de aprender a escrever meu nome, logo eu só vim ter contacto com o universo de Sandman um dia desses e claro me encantei. Mas, encanto a parte, por esses dias vi uma coisa que me lembrou esse volume 18 de Sandman.

"Um sonho de mil gatos" fala de uma gatinha linda que na calada da noite se apaixona por um gato e fugindo de seus senhores vai ter com seu amor e vê nascer de sua paixão uma pequena ninhada. Só que seus donos não ficam  nada felizes com o resultado da fuga  e decidem se livrar de seus filhotes na calada da noite. Pobre mãe! Sente nas suas entranha a perda de cada um de seus pequenos! Insatisfeita com sua sorte e a sorte dos seus, nasce no seu coração inumeros questionamentos:"Afinal porque os seres humanos tem o direito de assassinarem tão cruelmente o fruto de seu amor, de seus cuidados?" "Por que o mundo é assim? Será que não existem possibilidades de mudança?" "Eu quero resposta!", decide a gatinha no canto mais profundo do seu coração e reza, da sua prece nasce um sonho:


Ela se vê o meio dos ossos secos, no âmago do Sonhar, esse território onde nascem e morrem os desejos motivadores das realizações que dão Norte a essa jornada que é a vida. Lá nossa heroína encontra um Corvo que lhe indica o caminho que a levará ao senhor daqueles domínios... A orientação dele é a bússola que ela precisava, e logo segue pelos lugares mais sinistros do Sonhar, passa por onde monstros espreitam prontos a consumir a alma mais frágil para encontrar aquele que lhe daria RESPOSTAS.


E encontra na figura de um Gato preto, personificação do Senhor dos Sonhos, uma possível solução as suas questões, a sua tão desejada REVELAÇÃO, e é ai é que a história fica curiosa! Porque o senhor da Revelação da nossa gatinha, o Mago do Sonhar, o Sandman, não oferece uma respota pronta para nossa andarilha, em vez disso ele lhe conta uma história.

Ele conta, que: um dia o mundo foi diferente do que é hoje, que não eram os homens os Reis do mundo, senhores de tudo o que existe. Quem reinava nesse mundo eram os gatos, seres gigantescos que dominavam os humanos pela força, os homens sofriam com essa opressão conformados e viviam nas brechas, suportando, adulando os gatos, subornando seus senhores com afagos temendo o pior que certamente viria com a rebelião.

 

Até que um dia um dos homens teve um sonho, ele sonhou com um mundo diferente, onde os homens não precisavam se submeter aos gatos, os homens eram livres, não havia perigo de morrer nas garras de um gato... E insatisfeito em simplesmente sonhar começou a espelhar seus sonhos pelos quatro cantos da terra... Uns homens acreditaram na possibilidade desse sonho se tornar possível, outros não... e uns terceiros ficaram na dúvida... Mas é certo que a noticia desse sonho se espalhou nas almas dos homens oprimidos até que um dia mil homens sonharam o mesmo sonho e quando acordaram o mundo já não era o mesmo, os gatos não eram mais os senhores, os senhores eram os homens, o mundo tinha definitivamente mudado.


E ao acordar de seu sonho a gata entendeu o que deveria fazer se quisesse mudar o mundo... Saiu de sua confortável casa e se lançou em sua aventura, a partir de então tomou para si a missão de contar aos demais gatos do mundo sua história.


Falando da possibilidade de existir um mundo onde uma mãe jamais seria separada de seus filhos recém-nascidos, onde não houvesse massacres sem motivos, onde não fosse necessario se anular diante de algo mais forte, onde havia paz! Um mundo definitivamente novo para todos os gatos, gatas e seus filhotinhos! Muitos ouviam suas palavras, alguns colocavam fé, outros nem tanto, outros definitivamente desacreditavam daquela besteira toda, mas independente disso ela continuava com sua saga, um dia reuniria os 1000 sonhadores e veria o que aconteceria.


Enfim, seja como for durantes o últimos dias eu estive pensando muito nessa história enquanto vi  muitas coisas acontecerem no Egito, vi milhares de gatos sonhando o mesmo sonho e acordando para uma nova realidade.

Manifestantes contra o governo de Hosni Mubarak voltam a se aglomerar na praça Tahrir.
Acompanhei de telejornal em telejornal, de texto em texto, de sonho em sonho a saga dos egípcios e seu desejo de mudança.  Homens, mulheres e crianças se juntaram para sonhar o mesmo sonho e tornarem esse sonho realidade...
Após militares dispararem tiros para o alto na madrugada do dia 7, manifestantes cercaram tanques e outros veículos para impedir seu avanço sobre a praça Tahrir
Aí como eu achei interessante a forma como mundo ficou quietinho, bem quietinho, cuidadoso, bem cuidadoso em emitir opinião, como as pessoas em torno de mim chamavam os pais loucos por colocarem seus filhos nos ombros no meio da praça avançando por cima de tanques de guerra, dormindo no meio da praça uns sobre os outros... Vi como os Estados Unidos da América eram cuidados com seus pronunciamentos... Tinha a impressão que todos diziam que era melhor deixar os egípcios aos egípcios. Vi como essa poderosa maquina que nunca se desliga que é a Internet foi usada a favor dos manifestantes, vi como ela foi impressionantemente desligada por um longo dia.

 
E também como os egípcios acreditando no seu sonho conseguiram realizar o seu desejo de mudança, apesar dos pesares, usando o que tinham a mão, enfrentando as dificuldades, eles foram até o fim. E para o bem e para o mal derrubaram uma ditadura de 30 anos e começando um novo capitulo de sua história. Eu não sei o que será daqui para adiante, nenhum de nós pode dizer ao certo, há quem tema ver o Egipto se tornar um Iran (frio na barriga só de pensar nisso), mas por agora, prefiro me entregar a essa onda de esperança que me abraça e crê no melhor.

 
Pensar que depois de um inicio de século tão recheado de coisas terríveis, desastres naturais e mais desastres naturais, crises e crises, sustos e sustos, de "É o fim o fim vem!" (como dizem as irmãs mais velhas da minha igreja). Temos um coisa boa para contar, Aleluia, um boa notícia! Até aqui eu dizia de mim para comigo que o século XX era o século que não acabou, mas com essa eu digo: "o século XXI acabou de começar, antes tarde do que nunca!"

E sim, só para constar, enquanto acompanhava as idas e vindas dos Egípcios com Mubarak, acompanhava também as idas e vindas de nossos políticos com o salário mínimo, essa piada ambulante.


Todo o impasse em torno de aumentar essa coisa pífia em 5,9%, e não, eu não esqueci  do que o excelentíssimo senhor presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, o deputado Guilherme Uchoa (PDT) disse en dezembro sobre seu aumento de 75%:

“Alguém imagina que um deputado sobreviva com R$ 8 mil? Ah! Porque o trabalhador vive com R$ 600. Mas se formos nos nivelar por baixo...”

Ele nem mesmo sabe de quanto é o mínimo e realmente eu não sei nada quanto as possibilidade de um deputados sobreviver com R$ 8.000,00, mas EU SEI que nenhuma família consegue sobreviver dignamente com R$545,00 sem abrir mão de muitas coisas e que essa discrepância nos aumentos é de uma imoralidade sem tamanho, como disse Paulo Freire, "a miséria diante da fartura é uma imoralidade.".

E não, quero também lembrar que não, essa situação imoral não será para sempre. Nós, os favelados do mundo, estamos pouco a pouco aprendendo a sonhar... um dia mais do que o outro... um pouquinho mais hoje do que ontem... ousando... aprendendo... crescendo, um dia seremos mil, milhares, milhões.

No dia 11 de Fevereiro de 2011, Hosni Mubarak cedeu ao poder dos milhares que sonham juntos... os próximos a sentirem esse peso só o futuro dirá, o que sei é que um dia seremos nós a dizer "não vamos nos nivelar por baixo!".

____________________

As imagens dos Quadrinhos foram retiradas do  Sandman: um sonho de mil gato, vol 18. E as fotos do Egipto do google e do R7. E como sempre eu escrevi demais, sou prolixa pra chuchu, pois é, talvez no futuro eu comece a dividir as postagens em partes!

15 comentários:

  1. Bom dia,Pandora!!

    Que linda história!!Uma analogia perfeita!
    Então te convido!vamos sonhar juntas?
    Vamos imaginar um mundo onde todos sejam tratados do mesmo jeito,onde a educação de qualidade seja para todos, que todos possam ter uma vida digna!
    Vamos?!
    Amei teu post!
    E torço para que o Egito encontre o caminho certo!Mas com certeza se livrar de uma ditadura, deve ser um excelente motivo para comemorar!!
    Beijos!!
    Ótima semana!!

    ResponderExcluir
  2. Menina, você começou a semana inspirada! Adorei o post. Bjo!

    ResponderExcluir
  3. Amei! Me fez chorar, de verdade, de emoção. De ver o quão real foi a sua conexão. O quão real é isso, de que a força esta nos milhares que sonham com um amanhã diferente.
    Ja fomos nos a mudar nossas estrelas, mais de uma vez (1982 e 1992) quem sabe nos não temos um quezinho com esses numeros e 2012 não tomamos de volta nosso poder de mudança? bjs!

    ResponderExcluir
  4. E olha que eu nao leio textos grandes, viu. Mas o teu me prendeu desde a primeira linha, inteligentemente bem escrito, parabéns!

    Ontem mesmo assistindo as novidades disse o mesmo que vc escreveu sobre os políticos no Brasil e disse que infelizmente o Brasil é um país PASSIVO. Espero que um dia um gato ou um homem se levante e convoque o povo a acreditar no seu sonho de liberrdade.

    Novamente parabéns pela linda comparacao que vc fez.

    Bjao

    ResponderExcluir
  5. Parbéns, vc como sempre deu um show!

    tem selinho no blog p/ vc! Bj

    ResponderExcluir
  6. pan querida texto interessantissiiiiiimo li e reli. E amiga vim te deixar flores http://i417.photobucket.com/albums/pp251/ladylindalva/AGRADECIMENTO-1.gif

    ResponderExcluir
  7. Minha Linda Pandora não faça isso de dividir por partes, pois li esse seu post sem contar o tempo e envolta numa magia que me trouxe a realidade deste nosso mundo, mas com a esperança de que os Egípcios conquistem a glória tão sonhada.

    Vamos juntas pensar num futuro sonhando em dizer que "não vamos nos nivelar por baixo".

    Tiro me chapéu e aplaudo de pé por tamanha grandeza contida neste post.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Minha querida ,
    essa historia me lembro outro livro sobre uma gata , "minha vida com Lama " o escritor diz que foi a gata que contou a a historia , que alias e bem sofrida , sobre o assunto do salário mínimo e uma vergonha , agora a discussão e se aumenta 15,00 ou não ,uma coisa que eu não entendo e se não pode aumentar o salário do povo , pq podem aumentar o salário dos deputados , senadores etc
    Minha querida vim por indicação da Elaine Gaspareto
    bjs

    ResponderExcluir
  9. A cada dia percebo que ter fé de que tudo dará certo no final é a única maneira de passar incólume por todas as tragédias ao nosso redor.
    Excelente post!
    Bj
    Adri

    ResponderExcluir
  10. Os egípcios conseguiram, nós também podemos! Eu sonho com menor salário para os deputados para maior salário mínimo ao povo.
    Beijo na alma, querida!

    ResponderExcluir
  11. Excelente post pandora! Adorei a história da gatinha, embora me parece bastante triste e gostei da analogia que vc fez! Perfeito!

    ResponderExcluir
  12. Oi minha amada vim te desejar um final de semana bem florido e te convidar a participar da ultima brincadeira da Ilha do mês de festa, eis o convite http://i1205.photobucket.com/albums/bb421/lindalva_martins/19-festa-pirata-2.gif :-) e te espero lá. beijos de luz!

    ResponderExcluir
  13. Postagem excelente, Pandora!
    ♠ Talvez o melhor que eu já li aqui e um dos melhores que li nos ultimos tempos.
    ♠ Interessante, li esta história do sonho dos mil gatos esta semana.
    Bons sonhos...

    ResponderExcluir
  14. Uma vez mais, obrigada Harlequin, bons sonhos para você também!

    ResponderExcluir
  15. Que texto maravilhoso, muito obrigado por compartilhar com a gente!

    estou lendo sandman atualmente a adorando, essa hq é genial!

    ResponderExcluir

Esse blog não representa um exercício de escrita, ele é um exercício de memória, de lembranças e esquecimentos. Funciona como uma caixa onde guardo coisas, sinta-se livre para comentar, mas saiba: comentários sem relação com o post serão excluídos por respeito a quem comenta de verdade.